logoacbf Logo Contexto logo mundial
Postado na sexta-feira, 11/03/2011 – 9 horas

Último treino antes da estreia

A AC BF realizou na manhã desta sexta-feira, 11, na quadra do Ginásio Poliesportivo Caja Madrid, seu último treino antes da estreia no Mundial de Clubes.
Antes do aquecimento, o técnico Paulo César Mussalem sentou-se com os atletas no centro da quadra e conversou durante cerca de cinco minutos. Logo após, os jogadores aquecerem sob a orientação do preparador-físico Harrison Rodrigues.
O tradicional rachão entre os atletas precedeu um treino tático de Mussalem, que orientou jogadas de linha-de-fundo, escanteios e cobranças de falta.

foto

Rede Bandeirantes também está presente em Alcalá

O jornalista Ribeiro Neto, diretor de Esportes da Band RS, também acompanha a ACBF no Mundial de Clubes. Apresentador do programa televisivo Jogo Aberto, e do Atualidades Esportivas, na Rádio, Ribeiro está produzindo material para as duas mídias, além de gravar entrevistas para a BandNews.

foto


Postado na quinta-feira, 10/03/2011 – 22 horas

Primeiro treino em terras espanholas

A ideia era realizar um treino leve, mas a ACBF trabalhou bastante em seu primeiro contato com o local da Copa Intercontinental. Primeiramente sob o comando do preparador físico Harrison Rodrigues, os atletas fizeram uma série de treinos físicos. Depois, foi a vez de Mussalem orientar a equipe em trabalho com a bola. O preparador de goleiros Luciano Menegheti utilizou parte do tempo para trabalhar em separado com os goleiros.

foto

Linha do tempo
Entrada do Ginásio Poliesportivo Caja Madrid, casa do Inter Movistar, tem exposta
uma série de uniformes utilizados pelo clube madrilenho ao longo dos anos.

foto

“O rival mais perigoso”

Revista Juega em Verde, publicação do Inter Movistar, traz ampla reportagem sobre a Copa Intercontinental. E para os espanhóis, o Benfica, atual campeão europeu, não é o adversário a ser batido. Segundo a revista, a ACBF é “o rival mais perigoso” da competição, e afirma que a equipe barbosense “possui em seu plantel jogadores de muita qualidade”.

foto


Quase um dia de viagem
até a terra do Mundial

Postado na quinta-feira, 10/03/2011

O sonho do bi mundial tem um caminho penoso. E isso não se resume somente
aos adversários europeus e asiático. Chegar a Alcalá de Henares exigiu muitas
horas de voo e muitas outras de espera.

A ACBF partiu de Carlos Barbosa precisamente às 9h32min de quarta-feira, 9.
Antes da saída, o grupo posou para uma foto diante do ônibus (abaixo)
que levou a delegação até o aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre.

FOTO

O embarque para São Paulo ocorreu às 13h, sendo que a equipe chegou ao
Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, cerca de uma hora e meia
mais tarde (foto abaixo). Por volta das 17h, juntaram-se à delegação o Presidente de
Honra da ACBF, Clovis Tramontina, e sua esposa, Eunice.

foto

O voo que levou a delegação para Madri saiu somente às 21h – portanto, quase
sete horas após a chegada a São Paulo – e levou cerca de dez horas para fazer o
percurso. No total, desde a saída de Carlos Barbosa até a chegada ao
Hotel AC Alcalá, a ACBF enfrentou mais de 22 horas de viagem.

Recepção de amigos
O pivô Marquinho, do Inter Movistar, esteve no aeroporto de Barajas, em Madri,para
recepcionar os amigos Clovis e Eunice Tramontina. Ele estava acompanhado da esposa
Miriana e do filho recém-nascido, Matheus (foto abaixo)

foto

No ônibus do rival
Anfitrião do evento, o Inter Movistar está cuidando também do transporte do delegação da ACBF. Na chegada a Madri, um ônibus já esperava pelo grupo laranja. Detalhe: tratava-se do ônibus do próprio Inter, que leva o nome do clube na lataria (foto abaixo)

foto

VOLTAR À PÁGINA INICIAL